O maior portal esportivo de Araxá e região!!!
Friday November 15th 2019

Atletas que subiram em pódio do Pan-americano confirmam presença para Araxá

Cerca de 40 atletas de dez países confirmaram participação. Inscrições terminaram no último domingo (21)

Dez países estarão na etapa de Araxá da CIMTB Michelin. Entre eles estão Chile, Argentina, Colômbia, México, Uruguai, França, Portugal, Venezuela e os principais atletas brasileiros já confirmaram presença. O evento acontece entre os dias 25 e 28 de abril no Complexo do Barreiro, em torno do Tauá Grande Hotel. São quase 40 atletas vindos destes países, um recorde para o evento. Dentre os nomes dos competidores, destaque para os atletas da Super Elite, o colombiano Fábio Castañeda e a mexicana Daniela Campuzano. Já na categoria Sub23, o chileno Martin Vidaurre que promete aumentar o nível da competição.

Bronze no Pan-americano 2019 no México, o colombiano Fábio Castañeda estreia em Araxá, mas conhece a CIMTB Michelin. No último ano, ele foi vice-campeão na Super Elite com uma diferença de 10 segundos em relação ao brasileiro Henrique Avancini. “Apesar nunca ter ido na etapa de Araxá, eu conheço a organização e também ouvi que é uma etapa com atletas de alto nível. Penso que o mais desafiador são os atletas brasileiros, como Henrique Avancini que evoluiu muito. Meu principal objetivo é somar pontos para UCI para mim e para minha nação. Isso é importante para estarmos em Tokyo 2020”, afirmou o colombiano.

O vice-campeão da categoria Sub23 no Pan-americano de 2019 e Ouro pela categoria Júnior também no Pan em 2018, o chileno Martin Vidaurre, tem história na CIMTB Michelin. Em 2018 subiu no lugar mais alto do pódio em Ouro Preto na categoria Júnior. Em 2015 e 2016, o atleta esteve na CIMTB Michelin em São João del-Rei e conquistou o 1º lugar nas duas ocasiões na categoria Sub-17. “Araxá tem um nível alto de competição. Vão sempre muitos corredores com bom nível. Minha expectativa é ganhar na categoria Sub23 e fazer um bom tempo em comparação com a Super Elite. Nestes quatros dias temos que estar bem preparados e também sermos inteligentes. O mais difícil vai ser planejar a prova pensando nos quatro dias de competição”, disse Martin.

A mexicana Daniela Campuzano volta à Araxá depois de dois anos longe das pistas de Dona Beja. Porém, a atleta que foi bronze no Pan-americano este ano conhece bem o circuito mineiro. Vice-campeã da etapa em 2016 e campeã em 2015, Campuzano vai aumentar a disputa na Elite Feminina. “Araxá é uma das competições que eu mais gosto. O lugar e o público me encanta”, afirmou. Daniela comentou também sobre a participação no Pan e os planos para 2019. “Dentre os principais objetivos de 2019 está continuar somando pontos UCI, melhorar meus resultados nas Copas do Mundo e Mundial e representar o México nos Jogos Pan-americanos em Lima”, disse.

O organizador do evento, Rogério Bernardes, afirma que receber atletas de peso fortalece a competição e o mountain bike nacional com o intercâmbio entre os atletas. “É uma satisfação muito grande receber estes competidores e uma responsabilidade também. Isso mostra a credibilidade que eles depositam na competição e temos que trabalhar para estar sempre superando estas expectativas. Além disso, tê-los no Brasil é fortalecer o mountain bike nacional que está crescendo cada vez mais no mundo e este intercambio é fundamental para termos os melhores atletas do mundo como referência”, comentou.

Pneus Michelin na Etapa de Araxá
Os pneus MICHELIN destinados ao Cross Country Olímpico (XCO) são o MICHELIN Force XC, MICHELIN Jet XCR e MICHELIN Force AM. Com aros de 26, 27,5 e 29, os pneus possuem tecnologia Gum-X, que oferece maior intensidade com a combinação de três borrachas especiais: tração externa, camada base de composto de corrida e aderência lateral.

O MICHELIN Jet XCR, projetado para competição, foi testado e aprovado pela equipe líder do Mundial de 2016 BH SR SUNTOUR-KMC, que tinha entre os atletas o francês Maxime Marotte, 4º lugar nos Jogos Olímpicos 2016. Com a carcaça Race Shield e com fibras de alta densidade 3×150 TPI, o pneu oferece velocidade tração e aderência.

A linha MICHELIN Force XC, também projetada para competição, promete uma durabilidade maior graças à carcaça de proteção Cross Shield, o que aumenta a força com fibras de alta densidade 3×110 TPI.

Indicado para Trail e All Mountain e com carcaça cruzada de alta densidade, o MICHELIN Force AM e MICHELIN Wild Am possuem carcaça 3×60 TPI com uma camada de reforço de alta densidade para maior aderência e reforço. Oferece máxima aderência para uso competitivo e mais confiança nos passeios.

Araxá encerrou as inscrições com novidades na etapa da CIMTB Michelin

Evento reúne principais marcas e atletas do mountain bike. In

Cross Country Olímpico, os melhores atletas brasileiros de mountain bike, as principais marcas do segmento reunidos em um único lugar. Esta é a última semana para os amantes do mtb se inscreverem na etapa de Araxá da CIMTB Michelin. Serão quatro dias respirando esporte com atletas do Brasil e do Mundo. As competições acontecem de 25 a 28 de Abril.

Para a Super Elite, os atletas correm o Cross Country Maratona na quinta-feira (25), o contrarrelógio na sexta-feira (26), o Short Track (XCC) no sábado (27) e o Cross Country Olímpico (XCO) no domingo (28). O atleta que fizerem o menor tempo nos quatro estágios vence a etapa e soma 160 pontos no ranking da União Ciclística Internacional (UCI). A prova de Araxá é uma das três do mundo que possui esta pontuação, classificada como Stage Race Hors Class. O valor da inscrição é de R$ 380.

Para os competidores das categorias da Copa Sense Bike e femininas CIMTB Michelin, as largadas do XCO serão no sábado (27). No domingo (28), atletas da CIMTB Michelin e Mirim se alinham para a largada do último dia.

XCM pode mudar cenário nas competições da Super Elite em Araxá

Líderes Jaqueline Mourão e Henrique Avancini disseram que mudança vai exigir mais dos atletas

Uma mudança na prova da Super Elite em Araxá vai levar os atletas a testarem limites. A segunda etapa da temporada acontece entre os dias 25 e 28 de abril. Para os competidores da Super Elite este ano, além do Contrarrelógio, Short Track e Cross Country Olímpico (XCO), os atletas vão abrir a competição com o Cross Country Maratona (XCM). A mudança foi uma solicitação da União Ciclística Internacional (UCI). O atleta que fizer o menor tempo nos quatro estágios soma 160 pontos para o ranking mundial, sendo uma das três únicas do mundo com essa pontuação.

O XCM de 62 km começará em frente às termas, utilizará o percurso de XCO e mais um circuito de 16 km. Os atletas darão três voltas na pista no dia que abre a competição, quinta-feira (25). O líder do campeonato, Henrique Avancini (Cannondale Factory Racing), comentou que Araxá tinha uma característica marcante: uma prova Hors Class com menor volume de competições. “Eram provas curtas e intensas, com essa nova regra da UCI acredito que isso mude a tônica da prova. Antes era a capacidade do atleta de acelerar de forma intensa, repetidos dias. Agora, são quatro dias de prova, além de ser um acúmulo diferente, o competidor terá mais volume no começo, o que tira muito essa capacidade de velocidade de alguns atletas e creio que isso trará alternâncias e variações em relação aos nomes que se destacam em Araxá”, comentou.

Avancini afirmou que isso pode exigir mais do atleta. “Eu acho que isso pode requerer do competidor outras qualidades e habilidades, além de uma preparação um pouco diferente para quem deseja desempenhar realmente bem a etapa de Araxá, que é sempre uma das principais provas do nosso calendário brasileiro”, comentou.

O competidor, atualmente em 3º lugar no ranking Mundial, comentou que após Petrópolis e outras competições na temporada, ele chega em Araxá diferente da primeira etapa. “Araxá eu encaro outra forma, tem uma importância enorme como uma preparação competitiva para as Copas do Mundo que acontecem em maio. Vou competir com bastante seriedade, buscando ter um desempenho muito bom. Porque esse esforço competitivo de Araxá tem um peso grande para o que eu pretendo construir para as Copas do Mundo que acontecem três semanas depois”, explicou.

No feminino, a líder Jaqueline Mourão (Sense Factory Racing), vai lutar para manter a camisa amarela, mas sabe que o XCM vai exigir mais da atleta. “Vamos ter que saber lidar com a intensidade de longa duração e de curta duração também. Em Petrópolis eu fiz um treinamento visando esse tipo de recuperação e vamos ter que dosar um pouco para concluirmos bem os quatro dias. Vai dar um tempero a mais para a competição que já é difícil”, afirmou.

Para a competidora, Araxá será uma prova importante para ela e para a nação brasileira de mtb. “Os pontos UCI dessa prova são muito importantes. Eu espero estar no ápice para representar bem minha equipe e conquistar pontos para a nação visando os Jogos 2020”. A competidora ainda ressaltou “Tenho pouca experiência nesse tipo de prova. No ano passado participei da Israel Epic e fiquei em quarto lugar. Vai ser mais uma experiência de provas de longa duração”, comentou.

O organizador, Rogério Bernardes, afirma que o quarto dia é um desafio a mais. “Estamos trabalhando em criar uma prova de Maratona no formato diferente, que seja dura e desafiadora para os atletas e que ao mesmo tempo que tenha interação com o público. Por isso, optamos por uma pista de 21 km aproximadamente, usando a pista de XCO para que o público consiga ver os atletas passando por pontos relevantes, como a Dona Beja”, disse.

Além dos parceiros tradicionais que fazer da CIMTB Michelin o sucesso que é em Araxá, como a Prefeitura Municipal e Codemig mais um parceiro, Mosaic Fertilizantes, está fazendo com que a Maratona se torne espetacular.

Camisa de Líder


A camisa dos líderes de 2019 são elaboradas pela La Maglia. Com a modelagem PRO RIDE, tecido tecnológico com proteção UV e antibactericida, a camisa também possui elástico de silicone na barra para ter o ajuste ideal do atleta, zíper inteligente e ainda um corte slim, vestindo como uma segunda pele.

A La Maglia é a marca oficial das camisas de líderes e da organização da CIMTB Michelin. “É um dos eventos mais importantes e com os melhores atletas do MTB. Estar na CIMTB é um laboratório para nós. Colocamos os nossos melhores produtos para vestir os melhores atletas. Com a aprovação deles, certamente será aprovado pela grande maioria”, comentou o CEO da La Maglia, Ricardo Marchiori Maimone.

Confira mapa e altimetria do XCO de Araxá

Circuito passa por alterações e melhorias.

Em busca de deixar o percurso mais interativo, a organização da CIMTB Michelin realizou mudanças no circuito. Os trechos mais técnicos, continuam com vias alternativas. O Descidão Dona Beja está passando por reestruturação e todos os atletas passarão pelo trecho.  O evento acontece entre os dias 25 e 28 de abril para a Super Elite. As demais categorias pedalam o XCO nos dias 27 e 28.

Acesse aqui e veja mapa e informações da pista

Com a elevação máxima de 1028 metros e extensão de aproximadamente 5,5 km, o percurso traz mudanças também na largada. Desta vez, os atletas largam em frente as Termas e vão contornar a fonte de água sulfurosa, Andrade Júnior, passando por toda a feira e entrando no Bosque. As mudanças buscam dar uma interatividade maior entre público e atletas.

Após a passarem pelo Bosque, os atletas seguirão em direção ao Parque de Aventura, passando em frente ao Hotel Rádio. Neste trecho os competidores preparam as pernas e o fôlego para as subidas e em seguida a técnica para começar as descidas. A Descida da Cerca é aberta para a maioria das categorias da CIMTB Michelin e atletas da Copa Sense Bike descem pela via alternativa. Logo depois, a Descida do Meio vai exigir técnica para todas as categorias. Com novos drops, o trecho está ainda mais desafiador.

Logo depois, os atletas saem do Parque de Aventura, completam o entorno da Fonte Dona Beja e se preparam para estrear o novo Descidão Dona Beja. O local está sendo reestruturado para que todas as categorias tenham acesso e uma interatividade com o público ainda mais forte. O final do Descidão terá uma via alternativa para o atleta que não quiser passar pelos três últimos saltos, porém as duas vias estarão abertas em todas as largadas para que o atleta escolha o caminho mais seguro para cada um. Logo depois, um rock garden que prometerá exigir mais ainda dos atletas e equipamentos. Os competidores continuam pedalando no percurso que contorna o Tauá Grande Hotel para completar a volta.

“Todas as alterações que estamos fazendo são para tornar a pista mais desafiadora e com o objetivo de conectar os atletas com o público. Buscamos sempre a segurança do atleta, por isso também oferecemos vias alternativas”, disse o organizador, Rogério Bernardes.

Michelin
A Michelin, líder do segmento de pneus, se dedica ao desenvolvimento da mobilidade de seus clientes, de forma sustentável, criando e distribuindo os pneus, serviços e soluções mais adequados às suas necessidades; fornecendo serviços digitais, mapas e guias, para ajudá-los tonar suas viagens experiências únicas; e desenvolvendo materiais de alta tecnologia, que atendem à indústria da mobilidade. Sediada em Clermont-Ferrand (França), a Michelin está presente em 170 países, emprega 114.100 pessoas em todo o mundo e dispõe de 70 centros de produção implantados em 17 países diferentes que fabricaram 190 milhões de pneus em 2017.

Sense Bike
Parte da Lagoa Participações, a Sense Bike foi criada em 2009, com o sonho de construir uma marca de bicicletas feita por apaixonados para apaixonados, com padrão internacional, foco em desenvolvimento e indústria de ponta. Com o objetivo inicial de atender às demandas voltadas para a mobilidade urbana, tornou-se referência no mercado no desenvolvimento de bicicletas elétricas. Em 2014, foi inaugurada a fábrica em Manaus, que possibilitou o início da produção de quadros, bem como a montagem de bicicletas elétricas e convencionais (mountain bike, urbana e road), com o que existe de mais inovador em tecnologia. Em abril de 2018, a Sense Bike comprou a Swift Carbon Global, importante fabricante mundial de bikes em fibra de carbono, com operação industrial na cidade do Porto (Portugal). A marca também é patrocinadora de uma das equipes mais importantes do MTB nacional – a Sense Factory Racing, que já conquistou grandes títulos em competições nacionais e internacionais.

CIMTB Michelin 2019 
A CIMTB Michelin conta pontos para o ranking mundial, da União Ciclística Internacional (UCI), fazendo parte do ciclo Olímpico Tóquio 2020, ranking Brasileiro e estaduais.

Copa Internacional de Mountain Bike comemora a 24ª Edição em 2018. O evento tem patrocínio da Michelin, o pneu oficial da competição, e Co-Patrocinio da Sense Bike.

CLIQUE AQUI PARA MAIS SOBRE MOUNTAIN BIKE

CLIQUE AQUI PARA MAIS SOBRE ESPORTE ESPECIALIZADO

CLIQUE AQUI PARA A PÁGINA DE COMENTÁRIOS

Ou utilize o formulário de contato abaixo:

Deixe o seu comentário


oito − 3 =


    Na sua opinião: Quem vai levar o prêmio de melhor goleiro de 2016 no Amadorão?
    Ediney do Dínamo
    Túlio do Grei
    Kaio do Internacional
    Votar
    resultado parcial...

    ______________________
    Na sua opinião: quem será o lateral direito que vai levar o prêmio de melhor de 2016?
    Rafael Bundinha do Dínamo
    Lucas Manguinha do Grei
    Ramon do Tigrão
    Votar
    resultado parcial...

    _______________________
    Na sua opinião: qual a dupla vai ser eleita os melhores na premiação do Futebol Araxá-Arquibancada?
    Thiago Piriá (Grei) e Douglas Pajé (Gef)
    Thiago Piriá (Grei) e Jorge (Grei)
    Thiago Piriá (Grei e Jorge (Tigrão)
    Douglas Pajé (Gef) e Jorge (Grei)
    Douglas Pajé (Gef) e Jorge (Tigrão)
    Jorge (Grei) e Jorge (Tigrão)
    Votar
    resultado parcial...

Nossos Parceiros

  • 145 – WHATSAPP

(34) 98868-6062

  • 105 – Evandro Carlos da Silva
  • 106 – RADIO WEB ARAXÁ
  • 107 – Fest Natal
  • 108 – Ambev
  • 109 – radio web araxa
  • 110 – Radio Web Araxa
  • 111 – ANUNCIE AQUI
  • 112 – EXPRESS DELIVERY
  • 113 – HQ BRASIL
  • 114 – ANUNCIE AQUI
  • 115 – radio jovem
  • 116 – AEF
  • 117 – Oficina da Imagem
  • 118 – ANUNCIE AQUI
  • 119 – Patrocinense nos Esportes

Estástiscas

  • 1784574Total de visitas:
  • 3920556Total de Leituras:
  • 0Visitantes online:

Parceiros

  • 147 – LAGOA MONTAGENS